Londres já foi uma aventura, mas agora faz-me sentir perdido...
publicado por Peter WouldDo | Terça-feira, 26 Outubro , 2010, 22:30

Preciso de comprar umas pantufas, mas ando indeciso quanto ao design a adoptar pelos meus pés.

Tenho-me tentado aconselhar com os melhores especialistas em pantufas: as crinças.

Mas a tarefa (de escolher umas pantufas), reconheço, não é fácil.

Há dias, no autocarro, virei-me para o banco de trás onde estava sentado um puto de 5 anos e perguntei-lhe o que ele me recomendava ao nível de pantufas.

"Depende do que pretendes das pantufas. Se é conforto recomendo-te umas em forma de Winnie The Pooh (Winnie O Excremento em português).

Se por outro lado procuras conquistar o coração de uma miuda então nada melhor que uma pantufas com a cara de Jude Law. Comprei umas recentemente."

Como não sou de pessoa de me deixar influenciar assim tão facilmente, decidi procurar uma segunda opinião especializada.

Por isso, recorri à minha amiga Dona Alice, de 84 anos.

(para quem ainda não a conhece, aconselho a leitura deste post)

 

Tou, dona Alice?

Sim! Quem fala?

É o Peter!

Ahhh, olá menino Peter. Então e como estão as coisas aí por... Onde é que o menino está mesmo?

Londres, dona Alice. E estou muito bem por cá.

Óptimo, ainda bem que gosta de estar em França.

Mas dona Alice, Londres é a capital da Inglaterra.

Ai é, então qual é a capital da França?

Paris.

Ui, que estive 84 anos a pensar que Londres é que era a capital da França... estamos sempre a aprender.

Dona Alice, ligo-lhe para lhe pedir um conselho.

Diga lá menino Peter.

Estou a pensar em comprar umas pantufas, mas não sei que design adoptar. O que me aconselha?

Olhe menino Peter, assim sem pensar muito digo-lhe já que não há nada melhor que umas em forma das bochechas do Mário Soares. Tenho umas já há anos e para além de serem larguinhas e fofinhas, continuam como novas.

Mas onde encontro pantufas em forma das bochechas de Mário Soares?

Foi exactamente isso que eu pensei quando decidi comprar as minhas. Mas nada como o Ebay para nos safar.

A Dona Alice usa o Ebay?

Então não! Onde acha que eu ia comprar os meus puzzles a preços baratinho...

Ah, pois é. Já me esquecia que a dona Alice era doida por essas coisas. Bem, tenho de desligar porque a conta já vai ser alta.

Um beijo grande menino Peter.

Um beijo dona Alice.

 

 

Depois dos fantásticos conselhos de uma criança de 5 anos e da dona Alice, vou começar a minha busca pelas pantufas perfeitas.

Fico desde já aberto a sugestões.


publicado por Peter WouldDo | Quarta-feira, 15 Setembro , 2010, 17:12
Peço desculpa pelo último post onde queria colocar imagens e não consegui assim como as quebras de linha não estão a funcionar. Ai sapo, sapo...

publicado por Peter WouldDo | Quarta-feira, 15 Setembro , 2010, 16:59
Vamos ao resumo até agora: Praga é uma cidade bonita, mas que quando se houve falar tão bem e se fica com as expectativas tão elevadas o final é um pouco de desilusão. É uma cidade que começa a estar demasiada virada para o turismo e a principal consequência é que os preços do que quer que seja começa a fica elevado. E quando a comparação é feita com Cracóvia, no sul da Polónia, então Praga fica ainda mais em desvantagem. Cracóvia está igualmente cheia de história, ou não ficasse a escassos quilómetros de Auschwitz. E ainda não tem um turismo tão intenso como Praga. Os restaurantes, por exemplo, roçam quase o ridículo do barato, sendo de igual preço ou mais baratos que em Portugal. E lembro que o nível de vida da Polónia está quase ao mesmo que Portugal. Mas depis de Praga visitei ainda uma capela com ossos em Kutna Hora. Mas digo-vos já que a de Évora é bem mais mórbida. Mas o mais interessante nesta visita foi ter encontrado nada mais nada menos que uma equipa de filmagem portuguesa que está a fazer um programa para a RTP 2. Já não me lembro do programa que tem início marcado para o final do ano, e que vai falar de um país de leste diferente em cada programa. Eles também vão passar por Budapeste esta semana, e por isso pode ser que a gente se encontre por lá para uma cerveja. À noite ficamo-nos por outra cidade Checa: Olomouc. Calminha e com um centro histórico bem conservado e bonito, bem ao estilo de Guimarães. Foi lá que bebemos umas bejecas num avião. Sim, um avião transformado em bar. No dia seguinte dirigimo-nos para Auschwitz. E quanto a esse destino, acho que basta dizer que ao vivo é muito mais marcante que ler ou ouvir os professores falar. E se alguém que ainda tenha dúvidas do que se passou, uma visita dissipa-as. Bastou ver e ouvir os australianos que pouco sabem da história europeia da II Guerra Mundial mas que ficaram ainda mais marcados que nós, europeus. E a viagem continua...

publicado por Peter WouldDo | Quarta-feira, 08 Setembro , 2010, 11:26

Problema surgido no voo para Praga:

Eu normalmente nao me preocupo em ir cedo para as filas para arranjar um bom lugar.

Mas desta vez so tinha dormido 3 horas e estava cansadissimo.

Por isso fiz os possiveis para ser uns dos primeiros.

E consegui lugar junto a janela.

Ao meu lado senta-se um chinoquinha de 3 anos e no lugar seguinte a mae dele.

Mal me aconchego adormeco logo.

Mas pouco mais de 10 minutos depois fui acordado pelos encontroes do chinoquinha.

Impressionantemente irrequieto.

Depois de mais meia duzia de encontroes acabo por decidir fazer esperar o meu sono de donzela para quando o chinoquinha estiver mais calmo. No entanto, que fique claro que o chinoquinha nao estava a chorar ou a fazer birra.

Eu chamaria "terrorismo silencioso" ao que ela estava a fazer.

Safando-se sem nem sequer ser incluido na lista dos mais procurados do FBI que ate velhotes de 90 anos tem.

Voltando ao pirralho, depois de acordado tive de levar com ele a olhar fixamente para mim.

So quando abri a janela ele desviou o olhar.

Foi entao que num ingles treinado pela mae me disse que queria o meu lugar.

A minha primeira reaccao foi fazer de conta que nao o percebi.

Eu nao podia abrir mao do meu lugar junto a janela que tanto trabalho me deu a conquistar e que me permitia simplesmente escostar a cabeca e dormir.

Por outro lado, de nada de valeria ter aquele lugar se o chinoquinha continuasse a fazer terrorismo silencioso e psicologico.

E aqui resido o problemo que vos coloco: o que fazer?

 

Apenas uma nota: a mae do chinoquinha, tambem ela chinoca, nao e bonita nem sexy.

Depois confirmaremos se a minha decisao esta de acordo com a maioria.

 

PS: texto escrito no Ipod, sem acentos.


publicado por Peter WouldDo | Terça-feira, 07 Setembro , 2010, 00:40

Amanhã vou de férias.

Durante duas semanas vou andar de autocarro pela Europa Central.

Começo em Praga e passo por Olomouc (R. Checa),

Cracóvia e Zakopane (Polónia),

Budapeste (Hungria)

e Plitvice (Croácia)

e termino em Split.

Pelo meio vou ainda aos campos de concentração de Auschwitz e Birkenau.

Ah, e vou sozinho.

Sozinho é como quem diz… o autocarro deve ir cheio…

Esta viagem não me sai da cabeça desde que a comprei, em Maio.

Vai servir de teste para outra maior e mais arriscada que quero fazer em breve.

Vou tentar manter-me em contacto.

E ir escrevendo alguns relatos neste blog.

Para além das fotos de praxe.

A mochila que levo às costas vai cheia de roupa velha, que tenho reunido nos últimos meses.

Roupa que vou deixando pelo caminho.

Comecei a achar engraçado juntar a roupa mais velha que tinha e assim depois do último uso deitava-a fora, não ficando ela suja a pesar na mochila.

Desta forma no seu lugar posso ir metendo umas lembrançazitas.

E conhecendo-me eu como conheço, quero sempre trazer tudo comigo.

 

Fiquem por esse lado.


publicado por Peter WouldDo | Sexta-feira, 03 Setembro , 2010, 00:14

 

10 libras por mês para os cegos.

Foi o preço para me ver livre de uma daquelas vendedoras de porta-a-porta, que cá andam a pedir para instituições de caridade.

 

 

Não há direito porem gente chatinha, chatinha, chatinha, que não nos larga enquanto não dizemos que sim.

E o mais engraçado é que o mínimo de oferta por mês era apenas 8 libras.

Mas cá o menino não se podia ficar pelo mínimo.

Não.

Tinha de oferecer um pouco mais, para agradar à miúda.

Para a próxima faço-me de morto.

Porque eu estava na sala a ver televisão e ela viu-me de fora.

Por isso tive mesmo de abrir a porta.

Faço-me de morto e não me mexo.

E se eles se puserem a olhar pela janela para mim, paro de respirar.

Para eles não verem movimentos.

Se a palavra se passa que na nossa casa há um gajo jeitoso que dá dinheiro para a caridade, vão fazer fila.

É que se há autocolantes contra a publicidade na caixa de correio ou contra os vendedores.

Não há contra as instituições de caridade.

Porque não é ético.

Ora aí está um bom negócio…


publicado por Peter WouldDo | Quarta-feira, 01 Setembro , 2010, 22:07

Olá.

Para quem já conhecia o Loucura Londrina, já sabe o que esperar deste blog. (poucos posts e com pouca qualidade)

para quem ainda não conhecia, é melhor nem lá ir espreitar.

 

Neste neste blog as coisas vão ser diferentes.

Vou criticar tudo o que ainda não foi criticado em Londres, e o que já foi vou voltar a criticar.

Por outras palavras, vou criticar tudo o que me lembrar de criticar.

E estão abertas as sugestões para críticas.

Porque se há coisa que eu não critico são sugestões.

Ok, ok, vou criticar tudo em Londres, menos as sugestões.

 

Fica já prometido que não vou escrever todos os dias.

Ninguém me paga para isso.

Aliás, se alguém quiser encomendar um post tem de pagar.

Manda-me um email e na resposta eu envio a minha conta Paypal.

Faço baratinho.

 

Chulo, eu?

Quem é esse marmanjo que se está a esconder atrás da velhota com as mamas grandes e que me está a chamar chulo?

Óh menino, se é para isso então não apareças mais aqui.

Pois neste blog não se trata mal ninguém.

Ai esta juventude do dias de hoje...

 

Voltando ao assunto deste post, ... ...

Esqueci-me qual era o assunto deste post.

Agora que penso melhor, nem sei qual é o assunto deste blog.

Também não devia ser grande coisa.

Apareçam mais vezes e vão ver que tenho razão.


Outro Blog meu
Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
28
29
30

31


arquivos
2010

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds